Skip to main content

Orquídeas sem flores, o que fazer?

Apesar de comprarmos quase sempre floridas, durante a maior parte do tempo as orquídeas ficam somente com suas folhas. Se a sua orquídea parece saudável, mas não floresce faz tempo, você pode estar fazendo algo de errado. Orquídeas florescem bem quando estão saudáveis, e em suas condições ideais de cultivo. Plantas murchas e estressadas raramente darão um bom florescimento. Aqui daremos as principais dicas para que a sua orquídea volte a florescer.

Deixe em um local bem iluminado.

Orquídeas precisam de muita luz indireta, ou seja, não deixe a sua orquídea sem folhas no meio da sua sala ou quarto. Se você deixar o vaso em um local com pouca claridade, ela ficará com as folhas mais escuras e sofrerá para manter-se viva. Se você deixar em um local com muito sol, suas folhas poderão começar a amarelar, e até mesmo surgir manchas escuras, que são queimaduras nas folhas. Procure um local na sua casa onde a planta possa pegar diretamente o sol da manhã ou do fim da tarde (preferível o da manhã).

Dentro de casa os melhores locais são próximos a janelas e sob sacadas. Se for deixar a planta no jardim, debaixo da copa de uma árvore é o local ideal, já que ela pegará bastante luz difusa, a ideal. Se você possuir uma área coberta por telas (sombrites), é claro que este é o melhor lugar. Ok, quando a orquídea estiver florida, nada impede que você a deixe em um local mais visível, pois as flores não irão morrer mais rápido por causa disso.

Adube!

Colocar adubos na orquídea é sempre um bom caminho para um bom florescimento. Os adubos podem ser químicos, orgânicos, ou mistos. No caso de adubos minerais, como o NPK, prefira utilizá-los dissolvendo-os em água, aplicando no substrato a cada 15 dias. Adubos orgânicos, como a torta de mamona, a farinha de osso e o Bokashi são muito bons, além de mais seguros. Adubos mistos podem ser encontrados em lojas especializadas, devendo ser aplicados conforme as instruções da embalagem. Mas seja cauteloso, pois o excesso de adubo mata mais do que a falta.

Deixe a orquídea crescer fora de casa

Muitas orquídeas precisam de uma variação de temperatura para ativar o florescimento. Quando mantidas dentro de um ambiente fechado, a variação pode não ser suficiente, gerando um bloqueio do florescimento. Se isso não for possível, mantenha a orquídea próxima a uma janela entreaberta, para que o ar frio entre durante a noite.

Cuidado com as regas excessivas

Regas excessivas são uma das maiores causas de problemas para orquídeas. Apesar de originárias de regiões tropicais, em sua maioria, as orquídeas não toleram água em excesso. Muita água costuma sufocar as raízes e gerar apodrecimento das mesmas. Com raízes ruins, não há bom florescimento. Para saber o momento de regar não há método melhor: coloque o dedo no substrato a 2 centímetros de profundidade. Se estiver úmido, não regue. Regue somente quando o substrato já estiver seco.

Seguindo todas essas recomendações do Site Cultivando, dificilmente sua orquídea deixará de florescer. Entretanto, em algumas regiões, certas orquídeas não conseguem florescer devido à falta de variação de temperaturas. Verifique com um orquidário ou casa de jardinagem da sua região se a orquídea que você pretende cultivar é capaz de florescer na sua região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *