Skip to main content

Porque as minhas orquídea está com as folhas amarelando?

As orquídea está com as folhas amarelando?Muitas pessoas ficam preocupadas quando as folhas de suas orquídeas começam a cair e  ficar amarelando.

Entenda que existem diversos fatores para isso acontecer.
Por isso, é necessário avaliar todos eles. Só você, que convive com sua orquídea, ou alguém que possa avaliá-la ao vivo, poderá descobrir o que realmente está causando o amarelamento.

Para ajudá-los listei  nessa matéria os principais motivos…

Flores verdes-amareladas:

Geralmente indicam excesso de luminosidade.
Neste caso, basta mover para um lugar com um pouco menos de claridade, ou que não receba sol, para que em algumas semanas a cor das folhas voltem a mudar.

É importante ressaltar que, algumas espécies tem as folhagens mais amareladas e isso e normal, mas em geral, as folhas das orquídeas devem ter um verde vivo.

Orquídea sob Stress:

Veja alguns tipos de estresses que a orquídea pode passar:

– É comum o amarelamento e queda das folhas antigas quando a orquídea sofre com o replante. Então se você trocou recentemente o substrato, não se desespere!

– Quando compramos uma orquídea, precisamos saber que, provavelmente ,ela estava em um ambiente diferente da nossa casa. Por isso, o amarelamento também é comum.

– Caso você não saiba, a maioria dos substrato tem uma durabilidade de 1-3 anos. O mais comum é a orientação de trocar o substrato a cada dois anos. Substrato velho, geralmente se torna ácido, e isso dificulta a absorção dos nutrientes fornecidos pelos adubos. Consequentemente causando o amarelamento das folhas.

– Também é importante observar o sistema radicular (raízes), pois se estiver debilitado, também causa o amarelamento das folhas. Geralmente nesse caso, além do amarelamento, percebe-se uma desidratação, seja pelas folhas ou pelos pseudobulbos, e nota-se raízes escurecidas e ocas.

Doenças fúngicas:

Quando se trata de doença causada por algum fungo, além das folhas amarelarem, um outro sintoma que aparece junto são as manchas escuras ou pintinhas.

Neste caso você precisa tratar o fungo.

Cochonilhas, pulgões e nematelmintos:

Cochonilhas são insetos que sugam a seiva da orquídea.
A forma mais comum dela é a branca. A folha parece que está coberta com uma fina camada de algodão.
Algumas vezes a folha fica com pintas amarelas (na maioria com o centro branco), mas em caso intenso, pode amarelar a folha inteira e deixá-la enrugada.

Para resolver isso, basta lavar a folha com uma esponjinha ou escovinha + água com sabão de coco.

Assim como as cochonilhas, os pulgões também são sugadores, mas o sintoma da folha antes de amarelar, é ficar com a aparência desidratada e alaranjada, sintoma que mostra que além dos pulgões também existe a presença dos nematelmintos.

Pulgões e cochonilhas devem ser tratados com inseticidas de plantas vendidos em mercados e casas agrícolas. Já os nematelmintos com produtos específicos. Pergunte por defensivos em casas agrícolas.

Deficiência nutricional:

A ausência ou baixa quantidade de alguns nutrientes podem causar o amarelamento. Isso acontece principalmente na deficiência de Nitrogênio e  de Cálcio.

Como é responsável pelo crescimento das plantas, a deficiência de Nitrogênio é notada através de orquídeas em tamanhos menores, sem crescimento ou com crescimento muito lento, presença de poucas folhas e folhas amareladas.

Isso pode ser corrigido com um adubo rico em Nitrogênio. EX: 30-10-10

A deficiência de cálcio também é um outro motivo.
Nesse caso, o amarelamento das folhas começa, geralmente, das pontas das folhas para o centro da orquídea (base ou pseudobulbos).

Para resolver, é necessário fazer uma adubação rica em cálcio.
O adubo de cálcio, por não ser compatível com alguns elementos dos adubo NPK, geralmente é vendido separado.
É muito comum achar a combinação cálcio + magnésio.

Recomenda-se aplicar adubo à base de cálcio a cada 20 ou 30 dias. Verifique na embalagem!

 “Velhice”:

É comum, quando as folhas estão ficando “velhas”, irem amarelando. Isso causa mais espanto e medo nas Phalaenopsis.

Nesse caso, o amarelamento começa de baixo para cima, ou seja, nas folhas mais próximas das raízes.
Fique atento, pois quando se trata de folhas “maduras”, se percebe o surgimento de folha nova no topo da Phalaenopsis.

Fique atento, o normal é amarelas 1 ou 2 flores da base.
Não há o que fazer, isso é um processo normal e faz parte do ciclo da orquídea.

Espécie perene:

Algumas espécies, após a floração, perdem algumas ou todas as folhas.
Isso é bastante comum em algumas espécies de Dendrobium.
Nesse caso, as flores amarelam por completo e caem naturalmente.
verifique se a sua orquídea é alguma espécie perene antes de se desesperar.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *